Orientações Médicas

Alcoólicos Anônimos Magé, Rio de Janeiro

Alcoólicos anônimos em Magé. Conheça clínicas especializadas em sua região, aproveite e leia nossos artigos com tutoriais, dicas e informações relevantes.

Clinica Medica e Psicologica de Condutores de Veiculos
(21) 2633-4281
av Simão da Motta 578 s 309, Centro
Magé, Rio de Janeiro

Dados Divulgados por
Espaço Terapêutico
(21) 2604-2678
r Nilo Peçanha,Dr, 110, Sl 1005, Centro
São Gonçalo, Rio de Janeiro

Dados Divulgados por
Percepto Clínica de Assistência Psico Social Ltda
(21) 2604-2794
tr Euzelina, 53, Ze Garoto
São Gonçalo, Rio de Janeiro

Dados Divulgados por
Claufa Clínica de Assistência Médica e Psicopedagógica Ltda
(21) 2604-7041
r Salvatori, 421, Rocha
São Gonçalo, Rio de Janeiro

Dados Divulgados por
Campsol
(21) 2712-9068
r Clemente Souza e Silva,Ver, 440, Zé Garoto
São Gonçalo, Rio de Janeiro

Dados Divulgados por
Nettos avaliações Psicológicas e Médicas Ltda
(21) 2605-8846
r Cel Serrado, 1000 s 420, Zé Garoto
São Gonçalo, Rio de Janeiro

Dados Divulgados por
Valéria Rueda de Almeida
(21) 2712-7888
r Machado de Assis, 199, Centro
São Gonçalo, Rio de Janeiro

Dados Divulgados por
Transpreciosa - Clinica de Medicina do Trafego e Psicologia do Transito Ltda
(21) 2604-6648
tr Preciosa, 428, Boa Vista
São Gonçalo, Rio de Janeiro

Dados Divulgados por
Maria Angelica do Nascimento Rocha
(21) 2701-8215
r Olinto Guedes, 143, Coelho
São Gonçalo, Rio de Janeiro

Dados Divulgados por
Estela M. Almeida
(21) 3989-4083
r Porciúncula,Dr, 285, Sl 104, Venda da Cruz
São Gonçalo, Rio de Janeiro

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

SOS Alcoolismo. Quer parar de beber? Oriente-se aqui!

Fornecido por:


Definição de alcoolismo

O alcoolismo se define como uma doença caracterizada por problemas recorrentes associados ao fato de tomar álcool. Esses problemas se referem a diferentes áreas: familiares, educacionais, legais, financeiras, médicas e ocupacionais.

Em 1935, os Alcoólicos Anônimos (AA) definiram como alcoolista "toda pessoa vencida pelo álcool e cuja vida começa a ser incontrolável".

Então, os conceitos chaves são: perda de controle e uso continuado de álcool.

Quando se pensa em alcoolismo, pensa-se sempre nas pessoas com problemas avançados de álcool, deixando de fora uma parte importante de problemas médicos e sociais produzidos pelo álcool, mesmo que não necessariamente em pacientes alcoolistas.

Assim, a seguinte classificação leva em conta o grau de problema que cada pessoa pode apresentar em relação à bebida e o nível de prevenção:

A partir dessa classificação, pode-se traçar estratégias para o combate ao alcoolismo nos três níveis de Prevenção.

SOS Alcoolismo. Quer Parar de beber?

Prevenção Primária

O objetivo é evitar o desenvolvimento de hábitos não saudáveis com a bebida nos não bebedores e nos bebedores normais.

Uma dose padronizada contém 30 ml de líquido. Tem-se estabelecido para os homens um limite de até quatro doses padronizadas de whisky ou destilados três vezes por semana, ou seja, no máximo doze doses (ou 360 ml) por semana e, para as mulheres, até três doses padronizadas de whisky ou destilados por semana.

O limite tolerável para a cerveja seria de 1080 ml três vezes por semana, o que equivale a três litros por semana ou 462 ml por dia. E o limite tolerável para o vinho seria de 450 ml três vezes por semana, o que equivale a um litro e meio por semana ou 192 ml por dia.

Estas dosagens são úteis para dar uma idéia do permitido em termos de uso crônico.

O grande problema com os bebedores "normais" e com os não bebedores, não é o uso crônico, mas, sim, o uso esporádico e em excesso.

Em uma pessoa de 70 Kg, com o estômago vazio, uma dose padrão de whisky produz um pico de 25 mg/dl no sangue (alcoolemia) dentro de 30 minutos. Uma alcoolemia entre 25 e 50 mg/dl produz relaxamento e sedação e, entre 50 e 100 mg/dl, incoordenação e aparente redução da inibição social.

Considera-se que com mais de 25 mg/dl de alcoolemia deveria ser absolutamente proibido conduzir qualquer tipo de veículo.

É bom recordar que os acidentes de trânsito são causa importante de morte em pessoas jovens e que a alcoolemia elevada se associa a mais de 50% das mortes em acidentes de trânsito.

Assim, não é difícil entend...

Problemas com Álcool   Dependentes e
Abusadores 
Prevenção Terciária
Bebedores de
Risco 
Mal Bebedor e
Bebedor Pesado 
Prevenção Secundária
Bebedores de
Baixo Risco 
Bebedores "Normais"
e Não Bebedores 
Prevenção Primária

Clique aqui para ler este artigo em Orientações Médicas