Orientações Médicas

Clínica de Cardiologia Araçatuba, São Paulo

Clínicas de cardiologia em Araçatuba. Conheça clínicas do ramo em sua região, aproveite e leia nossos artigos com tutoriais, dicas e informações relevantes.

Celso Biagi
(18) 3622-1120
Rua Tiradentes 743
Aracatuba, São Paulo
Especialidade
Cardiologia

Dados Divulgados por
Georg Heinrich Tuppy
(18) 3636-8888
Tiradentes 1301
Aracatuba, São Paulo
Especialidade
Cardiologia

Dados Divulgados por
Edson Jose Gabriel
Avenida Guanabara 1481
Andradina, São Paulo
Especialidade
Cardiologia

Dados Divulgados por
Eduardo Garrido Martinelli
(18) 642-1124
Rua Sao Jose 872
Birigui, São Paulo
Especialidade
Cardiologia

Dados Divulgados por
Sueli Aparecida R J Invernise
Ruaicolau Zarvos 1670
Lins, São Paulo
Especialidade
Cardiologia

Dados Divulgados por
Mauricio Villela dos Reis
Avenida Brasilia 1899
Aracatuba, São Paulo
Especialidade
Cardiologia

Dados Divulgados por
Hitoshi Nakaguma
(18) 3722-7211
Av Guanabara 730
Andradina, São Paulo
Especialidade
Cardiologia

Dados Divulgados por
Munir Bou Farraj
(18) 3623-4731
R Floriano Peixoto 710
Aracatuba, São Paulo
Especialidade
Cardiologia

Dados Divulgados por
Carlos Roberto Bortoloci Etto
R Nove de Julho 609
Birigui, São Paulo
Especialidade
Cardiologia

Dados Divulgados por
Clayton de Jesuz Ferriello
(11) 3263-2699
Rua Expedicionario Souza Filho 341
Boituva, São Paulo
Especialidade
Cardiologia

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Hipertensão Arterial: modificação do estilo de vida, em Orientações Médicas

Fornecido por:



Medidas comprovadamente eficazes:

  • Redução do peso corporal;
  • Redução da ingestão de sódio;
  • Maior ingestão de alimentos ricos em potássio (feijões, ervilha, vegetais de cor verde-escuros, banana, melão, cenoura, beterraba, frutas secas, tomate, batata inglesa e laranja);
  • Redução do consumo de bebidas alcoólicas;
  • Exercícios físicos aeróbicos regulares (30 minutos de caminhadas diárias);

30 minutos de caminhadas diárias

Medidas associadas:

       Parar de fumar;

       Controlar o colesterol;

       Promover suplementação de cálcio;

       Controlar o diabetes;

       Promover uma dieta rica em fibras;

       Adotar medidas antiestresse (meditação, massagem, ioga, tai chi chuan, pescaria, trabalhos manuais, trabalhos voluntários, etc);

       Evitar drogas que elevem a pressão (antiinflamatórios, anticoncepcionais, antidepressivos, anti-histamínicos, cocaína, moderadores de apetite, etc).  

Princípios gerais da dieta:

 

     Adotar uma dieta baixa em calorias, balanceada, evitando o jejum e as dietas "milagrosas";

     Consumir menos de 300 mg de colesterol por dia. O consumo de gorduras saturadas não deverá a ultrapassar a 10% do total de gorduras ingeridas;

     Redução do consumo de sal a menos de 6g/dia (1 colher das de chá);

     Evitar açúcar e doces;

     Preferir ervas, especiarias e limão para temperar os alimentos;

     Ingerir alimentos cozidos, assados, grelhados ou refogados;

     Utilizar alimentos ricos em fibras (grãos, frutas, cereais integrais, hortaliças e legumes preferencialmente crus);

     Evitar: alimentos industrializados (ketchup, mostarda, shoyo, caldos concentrados); embutidos (salsicha, mortadela, lingüiça, presunto, salame, paio); conservas (picles, azeitona, aspargo, palmito); enlatados (extrato de tomate, milho, ervilha); bacalhau, charque, carne seca e defumados; aditivos (glutamato monossódico) utilizados em alguns condimentos e sopas empacotadas; queijos em geral;

     Evitar alimentos ricos em colesterol e/ou gorduras saturadas:

       Porco (banha, carne, bacon, torresmo);

       Leite integral, creme de leite, nata, manteiga;

       Lingüiça, salame, mortadela, presunto, salsicha, sardinha;

       Frituras com qualquer tipo de gordura;

    ...

Clique aqui para ler este artigo em Orientações Médicas