Orientações Médicas

Clínicas de Psiquiatria Cuiabá, Mato Grosso

Clínicas de psiquiatria em Cuiabá. Conheça estabelecimentos do segmento em sua região, aproveite e leia nossos artigos com tutoriais, dicas e informações relevantes.

Analice Nagel Rodrigues
(65) 3626-3090
Av Miguel Sutil 8000 - Sala 601
Cuiaba, Mato Grosso
Especialidade
Dermatologia

Dados Divulgados por
Nilza Maria de Figueiredo Epaminondas
(65) 3322-8660
Av das Flores 343
Cuiaba, Mato Grosso
Especialidade
Dermatologia

Dados Divulgados por
Denise Aparecida de Almeida Botti
Rua Barao de Melgaco 2754 - 1. Andarsala 106
Cuiaba, Mato Grosso
Especialidade
Dermatologia

Dados Divulgados por
Nilza Maria de Figueiredo Epaminondas
(65) 3322-8660
Av das Flores 343
Cuiaba, Mato Grosso
Especialidade
Dermatologia

Dados Divulgados por
Denise Aparecida de Almeida Botti
Rua Barao de Melgaco 2754 - 1. Andarsala 106
Cuiaba, Mato Grosso
Especialidade
Dermatologia

Dados Divulgados por
Anedson Aires Luiz da Silva
(65) 9963-7394
Rua das Esmeraldas 675
Cuiaba, Mato Grosso
Especialidade
Dermatologia

Dados Divulgados por
Deocleciano Oliveira Filho
Rua Miranda Reis 61
Cuiaba, Mato Grosso
Especialidade
Dermatologia

Dados Divulgados por
Alvino Francisco da Silva Filho
Av. das Flores 843 - Sala 22 2º Andar
Cuiaba, Mato Grosso
Especialidade
Dermatologia

Dados Divulgados por
Analice Nagel Rodrigues
(65) 3626-3090
Av Miguel Sutil 8000 - Sala 601
Cuiaba, Mato Grosso
Especialidade
Dermatologia

Dados Divulgados por
Deocleciano Oliveira Filho
Rua Miranda Reis 61
Cuiaba, Mato Grosso
Especialidade
Dermatologia

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Hiperatividade: preocupação e concentração, desorganização, mau humor e pensamento negativo

Fornecido por:


Preocupação e Concentração em hiperativos

Outra conduta de auto-estimulação comum em pessoas que têm DDA é se preocupar com ou se concentrar em problemas. O tumulto emocional gerado pela preocupação ou por estar aborrecido produz agente químico de estresse, que mantêm o cérebro ativo. Uma vez tratei de uma mulher que tinha depressão e DDA. Ela começava cada sessão me dizendo que iria se matar. Ela percebia que isso me deixava ansioso e parecia gostar de me dar os detalhes mórbidos de como o faria. Depois de conhecê-la bem, eu lhe disse:

"Pare de falar em suicídio. Eu não acredito que você vá se matar. Você ama seus quatro filhos e não posso acreditar que os abandonaria. Acho que você usa essa conversa como uma maneira de criar agitação. Sem que você saiba, seu DDA faz com que você brinque de ‘Vamos criar um problema'. Isso estraga qualquer alegria que você possa ter em sua vida".

 No começo, ela ficou muito zangada comigo (outra fonte de conflito, eu disse a ela), mas confiava em mim o suficiente para, no mínimo, observar seu próprio comportamento. Diminuir sua necessidade de criar caso tornou-se o foco maior da psicoterapia.

Um problema significativo do uso da raiva, tumulto emocional e emoção negativa para auto-estimulação é isso que é danoso ao sistema imunológico. Os altos níveis de adrenalina produzidos pelo comportamento direcionado ao conflito diminuem a eficácia do sistema imunológico e aumentam a vulnerabilidade à doença. Eu vi provas dessa deficiência muitas e muitas vezes, na conexão entre o DDA e infecções crônicas e na maior incidência de fibromialgia, dor muscular crônica que se considera associada à imunodeficiência.

Muitas pessoas que têm DDA tendem a se meter em brigas constantes com uma ou mais pessoas, em casa, no trabalho ou na escola. Elas parecem escolher inconscientemente pessoas que são vulneráveis e travam batalhas verbais com elas. Muitas mães de filhos com DDA me disseram que tinham vontade de fugir de casa. Elas não agüentavam o tumulto constante de suas relações com as crianças com DDA. Muitas crianças e adultos com DDA têm tendência de deixar os outros sem graça por pouca ou nenhuma razão, o que conseqüentemente faz com que suas "vítimas" se distanciem deles e isso pode resultar em isolamento social. Elas podem ser os palhaços da classe na escola, ou os espertinhos no trabalho. Witzelsucht é o termo que a literatura da neuropsiquiatria usa para caracterizar "o vício em fazer brincadeiras de mau gosto". Esse vício foi descrito inicialmente em pacientes que tinham tumores no lobo frontal, especialmente do lado direito.

Desorganização, outra característica do hiperativo

Desorganização é outro marco importante do DDA. A desorganização inclui tanto o espaço físico, como salas, escrivaninhas, malas, gabinetes de arquivo e armários, quanto o tempo. Freqüentemente quando se olha para as áreas de trabalho de pessoas com DDA, é admirar que...

Clique aqui para ler este artigo em Orientações Médicas